Home / Colunas / UFC Fight Night 98: Dos Anjos vs. Ferguson – Previsões

UFC Fight Night 98: Dos Anjos vs. Ferguson – Previsões

Photo by: HalfGuarded

Photo by: HalfGuarded

Fala galera, blz? Depois de praticamente 1 mês sem UFC, estamos de volta com um evento que tem tudo para ser muito bom. Na minha opinião, é o melhor card já feito pelo UFC no México. Card tem grandes nomes e excelentes casamentos. Vamos aos palpites:

 

Peso-leve (até 70,8kg): Rafael dos Anjos vs. Tony Ferguson

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Na luta principal da noite uma grande luta pela categoria dos leves. O ex-campeão do UFC Rafael dos Anjos (25-8-0) tenta se recuperar de sua última luta onde perdeu o cinturão para Eddie Alvarez e encara o embalado Tony Fergunson (21-3-0) que vem de incríveis 8 vitórias dentro do evento. Sobre o brasileiro temos que ver quanto ele vai reagir a perda do cinturão e principalmente ao fato de ter saído da Kings MMA e não ter mais Rafael Cordeiro como seu headcoach. Fergunson vem muito embalado, com grandes atuações, mostrando um jogo bem versátil que se adapta ao adversário. Penso que não temos favorito, a luta pode ir para qualquer um. Se não rolar um nocaute rápido para um dos lados temos tudo para ter 25 minutos de um lutão.

Palpite: Tony Ferguson vence por nocaute no quarto round

Odds:

Peso-leve (até 70,8kg): Diego Sanchez vs. Marcin Held

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Aqui temos um confronto de gerações. De um lado temos o experiente Diego Sanchez (26-9-0), vencedor do TUF 1, que é um lutador com base no wrestling mas que com passar dos anos vem apresentando mais o lado trocador visceral do que a luta agarrada. Do outro temos o estreante Marcin Held. O polonês oriundo do Bellator, possui o jiu jitsu como seu forte, com várias vitórias no cartel por leg lock. Acho que teremos aqui um confronto de estilos, com Diego tentando manter a luta em pé em busca de um nocaute e o Marcin Held em busca de uma finalização. O que pode decidir a luta é o jogo bastante seguro de Diego na luta agarrada. Vale lembrar que ele até já se arriscou no ADCC não passando vergonha, com direito a luta com Marcelinho Garcia. Se Diego conseguir resistir a tentativas de finalização de Held, pode frustrar o polonês e acabar virando a luta a seu favor. O momento diz que é mais prudente apostar no polonês, mas acho que ele vai sentir a pressão e ser nocauteado para delírio do publico mexicano.

Palpite: Diego Sanchez vence por nocaute no terceiro round.

Odds:

Peso-pena (até 66,2kg): Ricardo Lamas vs. Charles Oliveira

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Ricardo Lamas (16-5-0) iria fazer o main event do UFC nas Filipinas em Outubro, no entanto o evento foi cancelado, e o lutador foi colocado nesse card contra o brasileiro Charles Oliveira (21-6-0, 1 NC). O brasileiro pegou a luta com pouco tempo de preparação e era esperado por mim que ele não conseguisse bater o peso, só não esperava por tanto (5kg). Na teoria seria um confronto bem equilibrado, mas esse fato do peso acendeu a luz vermelha a respeito da preparação do brasileiro para esta luta. Lamas é um dos melhores lutadores da divisão, com jogo arredondado em todas as vertentes. De um lado Charles é melhor no jiu jitsu (um dos maiores finalizadores que temos hoje no UFC) e tem um muay thai bem equilibrado, Lamas tem uma base boa no wrestling, com excelente clinch e um bom boxe. Neste bom confronto de estilos, fico com Lamas, acho ele melhor lutador e penso que as falhas defensivas de Charles vão aparecer. E ainda tem a situação do peso do brasileiro.

Palpite: Ricardo Lamas vence por nocaute no segundo round.

Odds:

Final peso-leve do TUF (até 70,8kg): Martín Bravo vs. Claudio Puelles

puelles

Pela final do TUF America Latina, o peruano Claudio Puelles (7-1-0) encara o mexicano Martin Bravo (10-0-0). Puelles de 20 anos que me pareceu ter um jogo bem consistente apesar da idade, terá uma parada dura diante de Bravo.  Enquanto o peruano venceu Pablo Sabori, John David Flores e Marcelo Rojo para chegar na final o mexicano teve que ganhar do Javier Ganin, Ilianovich Chalo e Leonardo Rodriguez. Tem tudo para ser uma grande luta entre essas duas boas promessas latinas, mas acho que Martín Bravo irá confirmar o favoritismo e sair com a vitória. Vejo Bravo mais pronto que Puelles.

Palpite: Martín Bravo vence por decisão.

Odds:

Peso-leve (até 70,8kg): Beneil Dariush vs. Rashid Magomedov

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Em uma das melhores lutas do card Beneil Dariush (13-2-0) tenta a 2º vitória seguida diante da duríssimo russo Rashid Magomedov (19-1-0). O russo está invicto no UFC com 4 vitórias onde se mostrou um lutador com excelente nível em todas as vertentes do MMA. O que preocupa do lado dele é o tempo de ausência, 1 ano. Já Dariush é um lutador com base no wrestling que vem tendo a trocação lapidada cada vez mais pelo mestre Rafael Cordeiro. Uma luta muito bem casada e que tem tudo para ser um excelente confronto. Dariush pode ter a vantagem na luta em pé, mas Magomedov tem armas suficientes para se encontrar na luta e equilibrar o confronto. Não sei se a luta vai para o chão, mas sei que vai ser uma decisão dividida a favor de alguns dos dois. Jogando a moedinha para o alto, fico com maior experiência do pupilo do Rafael Cordeiro no UFC que irá acabar com sequência de 12 vitórias seguidas de Magomedov.

Palpite: Beneil Dariush vence por decisão (possivelmente dividida)

Odds:

Peso-palha (até 52,7kg): Alexa Grasso vs. Heather Jo Clark

grasso-ufc
Em mais um confronto de gerações nesse card temos a aguardada estreia da bela mexicana Alexa Grasso (8-0-0) contra a experiente Heather Jo Clark (7-5-0). Enquanto Grasso tem apenas 23 anos a veterana americana tem 36. Grasso tem tudo para ser a grande estrela do MMA mexicano. Além da beleza física ela tem um grande talento, que bem trabalhado, pode fazer ela em pouco tempo chegar ao topo da divisão. Clark é uma dura lutadora, e vai ser um excelente teste para a estreante. Clark vem de uma luta dura contra a polonesa Karolina Kowalkiewicz e deve encontrar mais uma derrota agora diante de Alexa Grasso.

Palpite: Alexa Grasso vence por decisão.

Odds:

Peso-galo (até 61,7kg): Erik Perez vs. Felipe Sertanejo

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Nessa boa luta pelo peso galo, o mexicano Erik Perez (16-6-0) mede forças contra o brasileiro Felipe Sertanejo (18-7-1, 2 NC). Um confronto que tem tudo para ser uma disputa entre a velocidade de Perez versus a força de Sertanejo nesse peso. Desde que baixou de categoria, o brasileiro parece que se encontrou dentro do evento, apesar que tem que se mencionar o fato dele não ter batido o peso para a luta deste Sábado (por 1 kg). Perez é favorito, deve tentar impor seu jogo com Sertanejo tentando um golpe certeiro.

Palpite: Erik Perez vence por decisão.

Odds:

Peso-casado (até 63,5kg): Joe Soto vs. Marco Beltrán

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Nesta luta que será em peso-casado de 63,5kg pelo fato de Joe Soto (16-5-0) ter pego a luta em cima da hora em substituição ao Guido Canetti que saiu do evento por lesão, Soto enfrentará o mexicano Marco Beltrán (8-3-0). Vindo de 3 vitórias seguidas, e com camp completo de treinamento o favoritismo aqui é todo do Beltrán, apesar do Joe Soto ser um bom lutador. Se Soto tivesse com camp completo, teríamos tudo para ter uma luta muito equilibrada, já que não teve ficarei com o mexicano.

Palpite: Marco Beltrán vence por decisão

Odds:

Peso-meio-médio (até 77,6kg): Erick Montano vs. Max Griffin

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Pela divisão meio-médio o vencedor do TUF América Latina 2 Erick Montano (7-4-0) encara o Max Griffin (12-3-0). Uma luta onde os dois precisam voltar ao caminho das vitórias. Montano tem uma trocação melhor, mais diversificada, com um bom nível de muay thai. Griffin tem mais punch e explosão, o que significa que ele pode acabar com a luta com um golpe. No entanto a luta anterior de Griffin me deixou com uma péssima impressão e acho que Montano até por estar lutando em casa vai ser o vencedor aqui.

Palpite: Erick Montano vence por nocaute no segundo round.

Odds:

Peso-galo (até 61,7kg): Henry Briones vs. Douglas D’Silva

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Em luta pela categoria peso-galo o mexicano Henry Briones (16-5-1) mede forças contra o brasileiro Douglas D’Silva (23-1-0, 1 NC). Dois lutadores que gostam da trocação e devem manter o confronto em pé. Enquanto o brasileiro vem de boa vitória diante do Cody Gibson, o mexicano vem de uma derrota bastante aceitável por decisão para a sensação da categoria Cody Garbrandt. Contra o Douglas tem o fato de estar a 1 ano e 9 meses fora apesar de Briones equilibrar um pouco essa parte por estar a 1 ano ausente. Acho o brasileiro melhor lutador, no entanto vejo um combate totalmente aberto aqui. Numa luta que deve ser decidida por detalhe ficarei com o dono da casa.

Palpite: Henry Briones ganha por decisão.

Odds:

Peso-médio (até 84,4kg): Sam Alvey vs. Alex Nicholson

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Em uma luta reagendada do card das Filipinas, Sam Alvey (28-8-0, 1 NC) vai para sua quarta luta no ano contra Alex Nicholson (7-2-0). Ambos são trocadores de mão pesada, no entanto acho Sam Alvey mais qualificado e experimentado. Acredito que os lutadores não irão demorar para ir para infight, e estando aí, Sam Alvey não irá demorar para mandar Alex Nicholson para a lona.

Palpite: Sam Alvey vence por nocaute no primeiro round.

Odds:

Peso-leve (até 70,8kg): Marco Polo Reyes vs. Jason Novelli

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Em luta da categoria peso leve o mexicano Marco Polo Reyes (6-3-0) encara o americano Jason Novelli (11-2-1). Enquanto o mexicano vem de duas vitórias em sequência no UFC o americano vem de derrota para David Teymur em sua única luta no evento, e por isso entra pressionado para este confronto. A estratégia do americano será colocar a luta para baixo para colocar seu bom jiu jitsu para jogo. Reyes tem que tentar manter a luta em pé e trabalhar os golpes em busca de um nocaute. E é o que acho que vai acontecer.

Palpite: Marco Polo Reyes vence por nocaute no segundo round.

Odds:

Peso-pena (até 66,3kg): Enrique Barzola vs. Chris Avila

Photo by ufc.com

Photo by ufc.com

Outro campeão do TUF América Latina 2, o peruano Enrique Barzola (11-3-1) tem tudo para voltar ao caminho das vitórias diante de Chris Avila (5-3-0). Após ganhar o TUF em cima de Horacio Gutierrez, o lutador peruano teve uma derrota em uma decisão bastante controversa diante de Kyle Bochniak. Já Chris Avila, que treina com os irmãos Diaz, vem de derrota na sua estreia do UFC para Artem Lobov (“No more presents, Christmas it’s over”) onde mostrou está bastante cru. Acredito que Barzola deve dominar a luta, conseguindo uma vitória dominante.

Palpite: Enrique Barzola vence por decisão.

Odds:

Transmissão: O canal combate transmite o evento a partir das 20h30min no horário de Brasília.

Esses foram os meus palpites galera. Fiquem a vontade para deixarem seus comentários logo abaixo ou então em nossa a página no Facebook, a página do MMAForum. Não deixe também de seguir nossos perfis no Twitter e no Instagram. Espero que tenham curtido, abraço à todos e até a próxima.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com